AMOR ETERNO
Conheci o teu rosto, Em algum lugar no passado e já chorei o desgosto, do nosso amor acabado.

Outras pessoas conheci.. Refiz-me em outros braços. Em outros beijos me perdi, por tantos rumos criei laços.

Anos que demoravam passar, Sonhos, que nem com o tempo perdi. Vida que não queria encarar, beijos que jamais esqueci.

Foram lições diferentes vivencias que trouxeram dor. Deixaram rastros evidentes, que jamais esqueci teu amor.

Pela mão do destino, te reencontrei, algumas palavras, um beijo, um olhar; estou contigo novamente... Hoje, meu caminho refaço, Em teus braços me abrigo, me enlaço; Percebi, que te amo eternamente!

Um comentário:

Anônimo disse...

O primeiro amor nunca morre...O segundo jamais a gente esquece, o terceiro é uma ponte para retornar ao primeiro. Mas de uma coisa tenha certeza, nunca ninguém
amou sómente uma vez.... E como já é sabido, atire a primeira pedra aquele que nunca sofreu por amor.

Straight Ahead