silêncio Meu tempo passou, a janela fechou, a cortina desceu, o sonho acabou. A ficha caiu, o sol se escondeu, o brilho ofuscou, a mulher morreu. Mas um tempo que passa, mais um tombo do destino, uma vida sem graça um louco desatino. Amor - ilusão, sonhos - projeção... Amargura - planos desfeitos; tristeza - vazio, silêncio - solidão.

2 comentários:

Tatanka Yotanka disse...

Olhos de mel, você vai receber um convite meu para abrir uma conta no google gmail.

Flávio disse...

Belo texto... mas pra que tanta tristeza, hein? :) Bjs