Ah, esse amor!..
Amor, palavra que exprime tudo mas que nem todos sabem o que realmente quer dizer. Estive revendo minha vida. Complicado amar do meu jeito. Esse amor de entrega e doação. Aquele que já não mais se ouve comentar. O que se vive por ele, sem nada esperar. Um amor citado apenas em fábulas, atualmente, ultrapassadas. Talvez, ultrapassada mesmo seja eu, ou, esse sentimento profundo, esquecido pelo mundo.
Ah, vida engraçada! Muitos que falam nesse amor. Tantos que nem dele querem saber. Outros que dariam tudo pra ter, sentir... e eu, pobre de mim, hoje num abismo profundo, numa tristeza infinita, exatamente por ele, tão enraizado, para mim, traidor;
Que roubou minha alma, minha vida e agora?
Na incerteza, num desafio a proeza,
de caminhar sem você, minh'alma chora...
Ah, minha vida, meu sonho mais lindo, mais profundo! Por que assim me deixa? Por que tem que ser assim? Por que entro na sua vida, sempre na hora errada, mais inconcebida? Por que não me abre um pouquinho esse coração? Deixe lhe mostrar um caminho diferente, uma estrada colorida, segurando em sua mão.
Ah, saudade infinita! Que me corta a alma, me deixa aflita, uma vontade imensa!.. Que maltrata, corrói a alma e quase me mata. Quem dera, se nesse lugar, de um céu tão azul, de tão bonito mar, eu pudesse estar, num cantinho desse coração e não me perdesse desse olhar.
***********
Minha vida, que digo ao meu coração que te ama e a meu corpo que te deseja, se eles não entendem palavras?

4 comentários:

Tatanka Yotanka disse...

Amor. É um sentimento. Assim como raiva, dor, compaixão.Mas é sobretudo desejar o bem de alguém, é assim que eu sinto.Dedicação absoluta de um ser a outro ser, a uma coisa , a um bichinho de estimação.Se cobrar-mos de alguém que nos deixou,pode ser perigoso. Os românticos sofrem por procurar um amor pessoal que é pura utopia, não existe no mundo racional. O amor este sentimento tão lindo, é divino, cientifico e fenomenal ( acontece por uma reação química nos nossos corpos), e quando não correspondido, nos machuca, nos corrói, nos atormenta, e se não tomarmos cuidado, nos leva ao epitáfio, e é provado cientificamente. Um escritor alemão de outrora, Goethe em "Wherter diz “ Infeliz daquele que usa do seu poder sobre um coração para abafar as ingênuas alegrias que nele nascem espontaneamente! Todas as dádivas, todas as gentilezas deste mundo não compensam um só dos instantes em que possamos ser felizes por nós mesmos, se esses instantes forem envenenados pelo despeito de um tirano ciumento.” Nesse livro, Goethe fala de um amor não correspondido no qual o protagonista se mata. A história desengatou na vida real, uma onda de suicídios pelo mesmo motivo.

Lino disse...

Achei-a. E já para descobrir um belo texto sobre o amor, que é sofrimento, mas que é ternura e gozo.

Flávio disse...

Olhos doces, eu continuo achando que o amor, antes de tudo, deve ser fonte de felicidade, viu? Sacode essa tristeza, menina... e continue escrevendo esses lindos textos :) Bjs

Fabiane Laborda disse...

Lindo texto!!! Amor é o mais lindo e puro de todos os sentimentos..