Lú por um triz
Lú menininha
Lú a fadinha
Lú adolescente,
nem tão inocente.
Lú que casou,
Lu que separou,
Lú que viveu
muita gente conheceu.
Lú que engravidou
que se decepcionou.
Lú tristinha
que pariu sozinha,
Lú que lutou
a vida recuperou.
Lú que amou,
Lú que chorou,
que entristeceu
Lú que sofreu.
Lú recasou,
a vida renunciou.
Lú mais vezes pariu
e só assim sorriu.
Lu magoada,
sofrida, espancada.
Lú por um sonho
num mundo tristonho.
Lú num reencontro,
esqueceu seu pranto.
Lú que renasceu,
o amor reacendeu,
Lú reviveu,
o passado esqueceu.
Lú voltou a brilhar,
voltou a cantar.
Lú que era feliz,
agora, Lú por um triz.
Lú tristinha
sempre sozinha,
num canto largada.
Lú mal amada,
Lú, tão perdida
do mundo, quer a partida.

Um comentário:

Flávio disse...

Bonito... muito bonito. Mas vc tem certeza que toda essa tristeza é necessária?