Levada pelo vento, pelo tempo, pela vida. Corroída pela tristeza, pela solidão, pela emoção, pelo amor. Na amargura sai; navega sem rumo, vagando no mundo, cumprindo o destino. Sem abrigo, vida vazia, sem alegria, pelo tempo vai.

Nenhum comentário: