Meio ambiente e aquecimento global

Na semana do meio ambiente, nada mais importante que focar o assunto; “aquecimento global”, de uma forma, que atraia a atenção da humanidade.

As catástrofes que vimos acontecer; “Tsunamis” (onda gigante, gerada por distúrbios sísmicos), que causaram destruição na Malásia e Tailândia, nesses últimos anos, sinalizam que há uma intolerância, por parte da natureza, com os abusos cometidos pelo homem.

A camada de ozônio que protegia a terra da infiltração violenta, dos raios ultravioletas, está sendo cada vez mais destruída. Com isso, o gás carbono incide com maior intensidade sobre o planeta, trazendo conseqüências irreparáveis à natureza e consequentemente ao homem.

Muitas regiões estão com sérias alterações climáticas. Por isso, estamos vendo maior intensidade das chuvas, furacões e etc. Isso, sem contar com um ar, muito mais poluído que temos respirado. Segundo previsões, nos próximos 100 anos, as chuvas terão uma velocidade três vezes maior que o previsto inicialmente, o que já é assustador.

Os gases lançados na atmosfera pelas descargas dos veículos, máquinas, bombas, desodorantes sprays, lixos lançados em qualquer parte, a destruição das matas, (como a amazônica), vêm alterando drasticamente o sistema ecológico.

A Secretaria do Meio Ambiente, está lançando uma cartilha “Entendendo Mudanças Climáticas”, com dicas práticas, na tentativa de educar e alertar a população sobre o perígo do aquecimento global.

Resta-nos saber: Será que vai ser lida? Será que todas as informações contidas, vão ser absorvidas e praticadas? Fica a enorme dúvida, uma vez que conhecemos o descaso com determinadas questões.

Mãe Natureza

Será força ou energia

quem sabe até magia,

o que nos fixa ao solo?

Que há por traz da paisagem,

imagino vendo a imagem,

ou, será ouro de tolo?

Quão grande é a natureza,

luz do sol de rara beleza.

Água e fogo na mãe célula.

No lindo céu desse espaço

divago, corro e traço

talvez um pouco incrédula.

Qual a origem da terra

e tudo que nela encerra?

sem gravidez, com movimento;

nasceu a estrela, o céu, a lua

e é essa paisagem nua,

que me traz conhecimento.

E na força do meu desejo,

amplio tudo que vejo.

Percebo a força da gravidade...

me dá uma leve impressão,

tomada por forte emoção

de plena felicidade!

(Poema extraído do Livro Vida, Alma e Poesia)

www.vidaalmaepoesia.com

Preservar a natureza é uma necessidade vital. Um ato de amor a humanidade.

Nenhum comentário: