Vou apenas sendo levada pela vida. O que ainda tinha cor, perdeu o encanto. Esperei uma primavera que nunca chegou... Agora recolho os meus sonhos, meus desencantos. Preciso ir ao meu encontro, juntar meus pedacinhos, quem sabe, com sorte, chego ao meu próprio ninho, antes de encontrar a morte?
Talvez um dia, por aqui eu volte.

A vocês que gentilmente por aqui passaram, sinceros agradecimentos. Boa sorte e sucesso! Fiquem com Deus! Tenho um carinho muito grande por todos, até aos que nunca aqui chegaram, mas que completavam meus dias, absorta na leitura dos post. E se algum dia por aqui voltar, espero encontrá-los novamente.

Beijos

Nenhum comentário: