Como lhe agradecer, tanto carinho, tantos prêmios? Só Deus, minha amiga! Que ele possa iluminar seus caminhos e lhe fazer imensamente feliz! Lhe retribuo todos, com desejos de que realize seus sonhos! Que seus olhos tenham sempre a luz do sol, o brilho das estrelas e o encanto da lua. Muito obrigada por tudo.

Aos amigos queridos que aqui passam, tenho a felicidade de não só dividir, como premiar a todos com esses selinhos. Que a paz e amizade possam sempre nos unir e cada vez mais partilhar nossas emoções.








Enígma






Não importa o que acho, mas, o que sinto.

E dê no que der, sempre vou dizer o que penso.

Aprendi a gostar desse rosto, desse olhar, desse sorriso,

que me encanta e minha alma invade.

Olhe-me, traduza-me...

Eu não tenho chaves, nem segredos.

Sou transparente, sou menina, sou mulher,

sou amarga, uma taça de fel,

que se transforma num doce mel.

Tenho um coração como poucos;

bobo, chorão, sentimental e carente;

com apenas um desejo: amar e ser amada.

Viver um amor de conto de fada,

pra valer, como o mundo jamais ousou conhecer.

Sou toda paixão, fogo que arde no seu toque,

ah... E que toque!

Que no contato da sua mão,

esqueço o mundo; vivo intensamente essa paixão.

E quando me olha... hummm!

Sinto-me inteiramente nua,

pois, sou totalmente sua.

Use a inteligência sagaz dos felinos,

(aquela que você bem tem),

o instinto selvagem dos lobos e assim... quem sabe?

Compreenderá um pouco, meus anseios de mulher.

Não me julgue. Estude-me... Revele-me...

Nenhum comentário: