Boa noite meu amor!

Boa noite meu amor!

Nessa hora, em que a saudade se faz dor

sinta o pousar dos meus lábios nos teus.

Contigo é sublime o adormecer,

tão sublime quanto sentir tuas carícias,

que me fazem estremecer.

Tão profundo é o meu sentir!

Tão imenso, que fica difícil exprimir.

E nos meus doces sonhos

encontro teus olhos castanhos,

a tua voz, suave feito canção,

me desnuda, me faz só emoção.

No encanto do teu sorriso

faço do teu corpo um paraíso.

No teu suave toque, enlouqueço,

em teus afagos, entonteço...

No sonho de uma noite encantada,

no calor dos teus braços, fico extasiada.

No deleite desse meu sonho,

fecho os olhos e me exponho,

assim, em teus braços, nem quero acordar...

Mas, chega a hora, não tem jeito,

abro os olhos, apenas te sinto em meu peito,

já não consigo te abraçar.

38 comentários:

Véu de Maya disse...

viva!

passei para te ler...e gostei imenso deste teu poema puro e sincero onde sonha o amor erótico de uma natureza tão encantada e perfumada...

beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

O seu poema é lindo e reconheço as rosas, Fico feliz que as tenha colhido. Nessa ânsia que toma conta de mim, sem ter notícias do meu irmão que está sendo operado há seis horas, tive tempo para fazer mais um post e duvido que vc tenha visto o filme. Apareça.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá amiga!

Belissimo poema.

beijooo.

Jorge Cardoso disse...

encontras as minhas mais recentes publicações no meu blog carimbo...


quanto à tua poesia serena e doce...como tu!

beijinhos...

Oreste disse...

Ciao Mel, buona settimana anche a te.
Perchè tutte le tue foto sono così scure? Non vuoi farti vedere?.......ha ha ha ha ha.
Un grande bacio. Ciao

Charlie disse...

Se houvesse outro nome para o amor, esse só poderia ser o teu.
Não apagues a tua luz, não. O teu jardim precisa dele como a sede precisa da água.
Beijos e um abraço terno.

Machado de Carlos disse...

Não podia mais dizer: - Boa noite, meu amor!
O Último Soneto registra o fim de um ciclo. Quantos e quantos ciclos a vida não nos reserva?

6:56 AM

Peter disse...

Um blog onde o amor está sempre presente. Quem dera que fosse assim na vida real...sobretudo duradouro.

Bandys disse...

Mel querida,

lindo poema...embora triste.
Suas flores são belas, e que a esperança chegue junto com a primavera.
bjs

O Árabe disse...

... e pode haver abraço mais duradouro, que o sentir alguém no próprio peito? ;) Boa semana, meu abraço.

Flávio disse...

Belo poema, Olhos Doces! Muito a ver com vc, sim. :) Bjs, boa semana.

São disse...

A ausência é faca a cortar o coração, não é , minha querida Lúcia?
Um abraço grande.

CÓDIGO SECRETO disse...

Lindo seu espaço!!
Quero agradecer a visita ao Código e quem sabe poderia falar de amor tbem por lá!!! A casa é sua...

e claro ja lnkada a tribo...

beijos no coração

Carla disse...

a trsiteza nao consegue apagar a beleza deste teu poema
é bom passar por aqui
beijos

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Esses olhos de mel só podiam vir da Bahia!
Amiga, os teus poemas têm o sabor do Romantismo de Castro Alves e da brasilidade dos Caymmi...Tudo aqui brilha e brilha para todos, pois o Senhor do Bonfim está de braços abertos para o Brasil. Tu, como eu seguimos os princípios dos nossos pais. A caravana vai passar, mas não poderá mais voltar, pois ela só nos traria desgosto e dores...Grata mesmo pelo Afeto e uma tarde baiana à beira da praia de Itapoã...Tenho já um post sobre a Bahia e vou dedicá-lo a você!!!Bjs

Duarte disse...

"que me fazem estremecer"
Com este verso está tudo dito:
amas apaixonadamente.
Quando se sente assim,
felicidade total.
Ama e serás compensada.

Reconhecido

Abraços

mundo azul disse...

É o amor dançando em suas palavras...Um linda confissão de amor...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Iana disse...

Ola minha doce olhos de mel...
Vim dizer-te que estou melhorando
um dia estou mal outro bem... e assim vou levando... :(

se quiseres falar melhor comigo
escreva-me para: iana.poemas@gmail.com

espero seu contácto, beijos estejas a vontade ok!

Beijos doces
Iana!!!

Bill Stein Husenbar disse...

Mais um post prefeito cheio de amor e saudade.

Profunda nostalgia numa noite em que estamos só.

"No teu suave toque, enlouqueço,
em teus afagos, entonteço... "


Quando acordamos é tudo diferente do que sonhámos.

Mas se procurarmos, pode ser que esses sonhos se aproximem o mais perto da realidade.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Vieira Calado disse...

Boa noite!
Beijinhos

daniel disse...

Olhos de Mel

Um lindo poema com palavras ditadas por um coração que, conhece de mansinho. o valor das palavras amor e ternura.
Um mimo de beleza romântica!...
Beijinho,
Daniel

M.E.D.T disse...

Ai ai, tão bom vir aqui e encontrar este doce poema amiga
bjsss pra vc

O Profeta disse...

Um oceano de paixão...em teu coração...


Doce beijo

Maria Clarinda disse...

Olá!!! voltei quebrei o meu silêncio e vim visitar-te e passar momentos lindos no teu cantinho lendo os teus poemas.
Jinhos mil

Iana disse...

Sementes no chão, nasce e cresce emoção
Um jardim sem flores não é jardim
O meu é, e, floresce a cada dia, mesmo estando ausente
Minhas maravilhosas flores me enchem de alegria....

Amigos (as) O meu muito “Obrigada” por fazerem parte desse meu lindo e encantado jardim, e por terem o regado sempre enquanto estive ausente... Ao ler os vossos recados, deixaram-me alegre e feliz.

Passei por dias difíceis, (saúde) é, a saúde dessa vossa amiga não anda lá muito boa e é por isso que as vezes preciso de me afastar.

Tenho dias que não consigo estar por cá e dar a todos os amigos leitores o carinho que tanto merecem, receber dessa vossa “Rosa Amiga” o cuidado, dedicação, amizade, carinho e atenção.

Venho agradecer a todos pelo carinho, apoio, dedicação, atenção e amor pelo meu espaço entre as flores e pela minha pessoa. “Obrigada”!

Estou voltando aos poucos, e espero mais uma vez a compreensão de todos se caso eu demore a responder ou visitar-vos, espero estar bem para então voltar a dar o melhor que sei dar a meus queridos (as) amigos (as)...

Beijos doces dessa sempre
Rosa amiga
Iana!!!

Lumife disse...

O blog do amor...


Beijos

Oliver Pickwick disse...

O amor é persistente, linda conterrânea. No adormecer, nos sonhos e na realidade mais cotidiana.
Um beijo!

C Valente disse...

Por aqui é só amor, que ele continue
Saudações amigas

ROSA E OLIVIER disse...

...abro os olhos...apenas te sinto em meu peito!...

"te amo em silencio...e só o silencio sabe..."

besos.

benechaves disse...

Oi, amiga: versos cantados em uma rima em que o peso principal é o amor e a sensualidade.

Um beijo cantante...

O Sibarita disse...

Opa! kkkk Ah vi o vídeo e comentei vc viu? kkk Toca e canta bem, viu dona moça? kkkkkkk

Dona moça Lúcia mais um poema porreta, mas, sim, mas... kkkkk

Eita paixão retada, né fia? Sio não... kkkkkkkkkkkkkk


bjs
O Sibarita

Whispers in night disse...

Ola linda Amiga!

Saudade eh uma palavra que machuca o coracao de quem ama.

Como sempre escreves marvilhosamente bem

Desejo que tenhas um fim de semana Feliz
Beijinhos mil desta amiga distante
Rachel

ROSA E OLIVIER disse...

amor nos olhos...cabelo ao vento...gestos de prata...da flor sem tempo!...

"te amo en silencio
e so o silencio sabe."

baci

Beatriz disse...

Lindo, terno, sensual, profundo, e mais um presente que nos ofertas envolto na delicadeza do teu coração. Tua alma apaixonada inspira momentos que nos chegam com grande ternura, doce amiga!

Te deixo uma orquídea lilás enfeitando o final de semana e um beijo carinhoso no teu coração, envolto no sorriso dos anjos.

jguerra disse...

Votos de um exclente fim de semana repleto de amor. Bjs

o que me vier à real gana disse...

Sublime é o seu sentir... o poema!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, querida amiga dos lindos poemas:
AS coisas estão melhorando, então fiz um post comemorativo. Venha logo.
Um beijo,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

instantes e momentos disse...

muito bom voltar sempre ao teu blog. Me inspira. Gosto daqui.
Tenha um belo final de semana.
maurizio