Diz que me amas, vai?

Quando foi que me perdi de mim? Como viver sem teu

amor? Se hoje meu mundo está em tuas mãos, se só o

vejo através dos olhos teus. E quando precisastes te

afastar, foi como se o sol, nunca mais viesse iluminar a

terra e sem estrelas, o céu fosse se apagar. Meu jardim

entristeceu. As flores murcharam, lágrimas que

ofuscaram a visão, pelo muito que chorei, quando em teus

caminhos, não me achei.

Fales meu amor, me diz que ainda és meu, tão meu, quanto

a certeza da noite e do luar. Diz que me amas, vai?. Preciso deste

amor, dos teus carinhos. Olhes nos meus olhos, me aperte

em teus braços, fazes-me ver, que em meus sonhos, posso

acreditar. Que nas noites em que me sentir sozinha,

estarás em pensamento a me beijar. Como acreditar na

vida, sem teu calor? Como sorrir, sem teu cheiro a me

seduzir?

Ah! sol que me aquece nesse suave toque... corpo que me

faz ouvir canções, lábios que me enchem de emoção...

carinho que minha alma invade, calor que incendeia minha

paixão. Luz que me conduz em teu caminho, que me

deixa louca e, a minha voz rouca, sussurrando, te diz

baixinho: me faz toda tua, arrepies meu corpo com teu

amor, teu tesão. Contigo atravesso oceanos e me abrigo

em teu coração.

Obrigada minha amiga do blog Pelos caminhos da vida. O

carinho dos amigos nos faz continuar sempre e acreditar

que vale a pena prosseguir. Deixo-o a todos os que aqui

passam. Obrigada por tudo! Beijos

38 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Vc mereceu esses selinhos amiga.

beijooo.

O Árabe disse...

Sentimentos e emoções... são eles que fazem a vida valer a pena! :) Boa semana.

Flávio disse...

Belos versos, Olhos Doces! Conserve essa intensidade, que tanto inspira você! Bjs, tenha uma boa semana.

Carla disse...

é muito difícil quando perdemos um amor...mas mais difícil é quando nos perdemos de nós
força amiga...tens muita coisa bela para nos dares
beijos doces

looking4good disse...

«Quando foi que me perdi de mim?». É bom de vez em quando uma pessoa perder-se... Mas agora no mau sentido (hoje é daqueles dias em que não estou politiciamente correcto) há quem passe toda a vida perdido (a) e o que busca é em alguns momentos encontrar-se... Uma boa semana, com flores, sorrisos e poesia ...como sempre :).

Bandys disse...

Contigo atravesso oceanos e me abrigo em teu coração.

Uma verdadeira declaração de amor, lindo!!

Os selos são super merecidos,

beijos

São disse...

Lúcia, querida, nunca perca o sentido de si.
O resto se compõe com o passar do tempo.
Um abraço bem amigo.

Luma disse...

Mel, parabéns pelos selinhos!!
Você é uma das mulheres mais apaixonadas que conheço e que sabe repassar em palavras, palavras que soam reais, nada abstratos!! Beijus

paula barros disse...

Ah, amor tão forte. De desejo, carinho, tesão, vontades, entrega....

Querida que seu amor possa ouví-la, sentí-la e fazer você feliz.

abraços e beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Voltou com tudo, amiga. O poema é lindo. Gostaria que comentasse os meus no meu post que fiz hoje. Estou à sua espera.
Beijos,
Renata

Maria disse...

Lindissímo poema de AMOR!

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Essa intensidade, essa paixão, esse esquecer-se de si, tudo isso torna único o conteúdo dos versos teus. Obrigada por dividir esse momento conosco!!!Bjs

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, belíssimo poema... A intensidade do amor e paixão, fazem que vebnças sempre na vida !... Milhões de beijinhos do fundo do meu coração !...
Fernandinha

Mello disse...

Olá Linda!

Adorei o poema tão sensível, tão emotivo. Qualquer mortal se emociona perante a tua escrita. Adorei estes versos:
"Meu jardim entristeceu. As flores murcharam, lágrimas que ofuscaram a visão, pelo muito que chorei, quando em teus caminhos, não me achei."

Beijinhos e boa semana
Graça Mello

Beatriz disse...

Um lamento, uma declaração, um pedido, uma doação, enfim, um comovente e lindo poema de amor, onde extravasas, minha linda, esse sentimento tão bonito que tens no coração.

Estás a escrever cada dia melhor, meu anjo, e eu te admiro muito pela beleza que colocas nos teus versos tão profundamente sentidos e vividos. Tua alma escorre pelos dedos... lindo isto!

Fica meu beijo mergulhado numa gotinha de chuva, e meu carinho envolvendo uma orquídea lilás.

Lindos sonhos no teu coração.

C Valente disse...

Amor, amor e sempre amor
Sadações amigas com um beijo

DO disse...

O que seria da vida sem as emoções???
Não é??

Beijos!!

daniel disse...

Olhos de Mel

Achei o poema bonito, saido de um coração lindo, sempre ávido de carinho.
Mereces toda a felicidade possível do mundo. Desejo-te.
Beijos,
Daniel

Anônimo disse...

Li e reli o teu poema... que tão bem fez ao cansaço que atrofia a minha alma. Deu- me forças, fechei as minhas pálpebras e esqueci o meu calvário deste Ano.

Heis os motivo porque não postei nada... e deixei de visitar todos os meus poetas.

Agradeço-te do fundo do coração, o facto de teres lembrado que a Maria ainda está aqui!

Mil beijinhos de mel e... que Deus te abençoe.

Maria Valadas...

http://ecosdepalavras.blogspot.com

Gazeta na net disse...

Olá,
Passei aqui para ver como estavam as coisas, e nem precisas dizer nada, sabes uma entrega total a outra pessoa é como entregarmos o nosso coração sem saber se o vão tratar bem e se o vão devolver em bom estado.
Desejo-te do fundo do coração que tu e com a ajuda de todos os AMIGOS possas voltar a dar um sorriso a esse coração, porque o coração foi feito para sorrir e reflectir esse sorriso nos nossos olhos…
Fica bem e aceita um beijo de coração…

Iana disse...

Amiga linda

Minha querida
desejo-te sempre o melhor
que a vida possa lhe oferecer

As portas se abrem para os que não
têm medo de enfrentar a vida.
Para os que caem, mas se levantam
com o brilho da vitória nos olhos.
O seu destino é Vencer,
O seu destino é Ser Feliz.
Acredite! Seja feliz!!!

Bijos e receba todo o carinho da amiga
Iana!!!

Deusa Odoyá disse...

Olá minha amigalinda e faceira.
Espero que seu coração possa voltar a sorrir.
Um lindo poema de amor, na qual a saudade , a faz sofrer.
Beijinhos de muita luz e fé.
Uma semana com muita paz e forte como a energia.
Sua amiga.
Regina Coeli.
Obrigado amiga, por suas visitas ao meu cantinho.

Colibri disse...

Querida amiga,

O amor é muito complicado... muito mesmo... e é gerador de grande felicidade, e na mesma proporção sofrimento...

Mas não se esqueça nunca de se amar também... Você é uma pessoa linda de coração meigo e cheia de qualidades...

Não é todo o mundo que tem olhos de mel, viu?

Que seu dia seja feito de luz...

Beijos enormes...
Colibri
------
ps: Estou a seguir o teu blog através do novo elemento de página SEGUIDORES do Blogger. Se também quiseres seguir o meu, clica em Colibrir as Emoções…

As minhas últimas rapidinhas nos blogs…
Depois da tempestade…
Parte 7 – As casas de adobe...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Olhos de Mel

Quanta paixão e quanta entrega.
Quanta palavra sentida a acompanhar o sibilar do vento.
Porque parece maior o amor quando está ausente?


Beijos, amiga.

Beatriz disse...

Passando, relendo, partindo... mas deixando um raio de sol a brincar na tua tarde e uma estrela enfeitando os teus sonhos. Música linda!

GRACE OLSSON disse...

AMKIGA, DESCOBRI HOJE QU3E LINKEI SEU OUTRO BLOG E UMA VEZ LÁ FIQUE3I ME PERGUNTANDO SE VC NAO TERIA DELETADO OS POSTS....
KKKK
SÓ TU MESMO VIU???
KKKK
OLHA, EU VOU ALATERAR O LINK AMANHA...BEIJOS E DIAS FELIZES

NEM FALO DE SEUS VERSOS QUE EU ACHO DIVINOS.

ZezinhoMota disse...

O frio não invalida que a leitura seja agradável...

Bom fim de semana.

ZezinhoMota

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Você sabe que a cada vez que venho aqui gosto mais desse poema? Vamos publicá-lo no meu próximo post? No de hoje não dá mais. Mas aqui vai meu convite para que apareça no meu Blog e se banqueteie, pois enchi meu post de comidinhas.
beijos,
Renata

cõllybry disse...

Entrga, assim se compreende o amor imenso que de Ti imana...

Terno meu beio, querida

LuzdeLua disse...

Passando para deixar aqui meu abraço, te ler e desejar um excelente findi semana.

"Segue o teu destino...
Rega as tuas plantas;
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
de árvores alheias"
(Fernando Pessoa)
Bjs

Desnuda disse...

Amiga querida,


És tão doce...Este poema-súplica revela um mar de ternura e amor. Tanta paixão...Veja tudo isto é teu e doas a imensidão. Mas se um dia alguém não aceitar, ela que perderá a grandiosidade dos teus sentimentos. Uma verdadeira prece ao amor.

Grande beijo e lindo fim de semana!

Bill Stein Husenbar disse...

Sentimentos que nos fazem viver

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga!

Mais selinhos lá esperando por vc.

beijooo.

le baladin disse...

cette soif d'amour une source qui ne tarie jamais dans ton coeur bisous phil

Machado de Carlos disse...

Realmente, tuas palavras de carinho me enobrecem. Fico aqui pensando se possuo tanto merecimento para ser acalentado pela sua presença constante.
Agradeço-lhe e, peço aos Céus energia tamanha que possa transferir meus sentimentos junto ao teu.
Beijos,
Um final de semana feliz a você!

Iana disse...

Amiga linda...

Viu hoje eu amanheci pensando em mandar-te uma coisa boa e mandei logo cedinho com muito carinho e fiquei mais feliz ainda quando vC disse que amou... Deus continue abençoando nossas vidas!

Linda vim desejar uma noite de sabadão cheia de coisas boas e um domingão daqueles... beijos millll

Sua rosa amiga sempre
Iana!!!

O Sibarita disse...

É tô atrazado... kkkkkk Necomigo não, fia! kkkkkk

Se você disse tava parado o blog? E não me avisou que tinha voltado?

Mas, ta legal tem que voltar mesmo, oi agora, olhe em frente com outros olhos moça!

Que diabo é esse de paixão? Abra o olho quer você não é japonesa! kkkkk

bjs
O Sibarita

Oliver Pickwick disse...

Oceanos? Pelo que escreve acho que atravessa a Via Láctea.
Um beijo!