Divagando nos sonhos de amor
Divagando nos sonhos de amor
ficam nas entrelinhas,
mensagens que em mares singram;
falam de um amor divinal
e nas viagens de cada verso
deixam reluzir o brilho do universo.
Mas, quem és tu afinal?
Quando falas desse amor,
perdido no tempo,
que ficou marcado no astral?
Se este amor é tão fortalecido,
o que te freia o sentido?
Por que falas em torres de areia,
na fortaleza que te abriga,
se como dizes,
não há mais o canto da sereia?
O que te impede
construir teus degraus,
que te levem, verdadeiramente,
a esse sonho que pulsa,
não mais adormecido,
em tuas entranhas,
em teu sentido?
Por que não abres os braços a ti mesmo,
acolhes o sentimento que te agita
e te entregas ao mundo dos amantes?
O tempo passa, nada acontece
e a teia que o tempo tece,
sufoca o amor, destrói os sonhos,
apaga o brilho da lua,
quando perde a esperança,
de ver o sol, em noites de luar,
porque ainda que errantes,
sol e lua precisam se abraçar.
Obrigada minha amiga do Pelos caminhos da vida, pelo carinho de sempre!
Deixo a todos os meus amigos com votos de FELIZ NATAL!

47 comentários:

paula barros disse...

Muito bonita você nas fotos. Abraçar o amor, vivê-lo.

Tudo lindo!

abraços

SAM disse...

Mel! Que linda está a sua casa virtual! Amei! Sua foto está show...E o poema, lindo como sempre.


Beijos!

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, minha Amiga Mel!
O ano terminando e nossa Amizade sempre firme, sempre bela...Pois é, querida, também gosto das minhas lembranças infantis, da Alice do Conto infantil, mas descobri, na vida adulta, infelizmente, que desrespeitaram a nossa infância, a nossa natureza, os idosos...Mas estamos aqui, para fazermos a nossa parte, não é mesmo? Contar o que fizeram, denunciar, não deixar passar em brancas nunvens também é parte da "missão" do escritor. Nada fazemos para agredir as pessoas DE BEM e DO BEM, mas para abrir consciências, alertar, enfim.
Seus Poemas são momentos deliciosos em que paramos para nos recompor, porque mais que mel nos olhos, tens doçura nesse lindo coração!!!Bjssss

Bandys disse...

Mel querida,
amei essa arvore e o vestido...

porque ainda que errantes,
sol e lua precisam se abraçar.

Nossa que frase

Ainda que errantes precisam se amar, eu diria!!

Beijos
Eu ainda volto antes do natal

Menina do Rio disse...

Melzinha, divaguei contigo nos sonhos...

Te deixo um beijinho bem na tua alma

Oreste disse...

Rumble, conseqüentemente as chamadas que pescam, são um de melhor no absolute.
Hello beautifulst.
Um beijo grande.

Rombo, così si chiama quel pesce, è uno dei più buoni in assoluto.
Ciao bellissima.
Un grande bacio

Menina do Rio disse...

Foi não, querida. É hoje e estou a brindar com os amigos

beijinhos e obrigada pela tua presença

daniel milagre disse...

Olhos de Mel

Inevitalvelmente, sai sempre ao de cima, uma sensibilidadec notável. Depois poesia imaginativa, mais agradibilidade, já de desejos de bom Natal, que
retribiuo sinceramente.

Beijinhos,
Daniel

Pelos caminhos da vida. disse...

Querida Mel!

Desejo a vc boas festas e que no ano que vem Deus nos permita continuar por aqui.

Fiz uma homenagem hoje para um amigo nosso e gostaria de contar com vc lá.

beijooo.

Sua foto ficou um master!!!

mundo azul disse...

...tantas perguntas sem respostas, não é mesmo?

Um belo e questionador poema!


Suas fotos estão muito bonitas...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

looking4good disse...

wow... Gostaria de produzir um poema em que «nas viagens de cada verso deixam reluzir o brilho do universo»! Uma boa semana, com dorrisos, flores e ...poesia :)

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela fotografia...Belo poema...Espectacular...
Beijos

Yvonne disse...

Mel querida, quanto mais o tempo passa, mais lindas ficam as suas poesias. Beijocas mais do que carinhosas

daniel milagre disse...

Olhos de Mel

Não esqueço teres sido a primeira comentadora do primitivo blogue - daniel milagre- possivelmente serás a última estava convencido que tida dito:
- Razões técnicas, a que sou alheio, deixei de poder blogar no primitivo -daniel milagre - nem usar a conta. Tratei de novos abri outro blogue, com o mesmo "nick", para onde passei. Deixo link:

http://www.blogger.com/profile/18365468956488759820

Beijos,
Daniel

le baladin disse...

tout habillée de rouge la couleur de l'amour celle qui nous emporte vers le désir asiatique couleur chaude qui insite à la sensualité j'aime ces sentiments !!! bisous phil

O Árabe disse...

Belos versos! Em sentimento, forma e intensidade. Já estou acostumado, mas às vezes você se supera! :) Bom fim de semana.

Iana disse...

Querida amiga...

"A vida é uma passagem
De momentos vividos...
Onde realizaremos uma viagem
A um lugar que por
Deus seremos dirigidos."

Depois de muitos dias.. longos dias... :( voltei... só não garanto se será por muito tempo... bem, estou voltando com o mesmo carinho, amizade, alegria, parceria, óptimismo.

tenho passando uns dias nada bons "saúde" abalou e me deu uma grande volta não esperada... mas.. o importante é que o meu amor pelos meus amigos(as) que amo demais, ainda continua.

Quero agradecer a todos aqueles amigos(as) pelo carinho, preocupação e atenção com meu cantinho "nosso jardim" e comigo, minha pessoa.. eu simplesmente estou grata...

Depois de duas semanas e tal, abri meu e-mail e vi o carinho seu e dos demais amigos(as) deixando lá no jardim... Obrigada!
Beijos mil de coração

agradeço a ti e a todos...
E que Deus esteja sempre a iluminar-te e a abençoar-te dia após dia...
Sua, doce e simples rosa amiga sempre
Iana!!!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga Lúcia, belo como sempre... Adorei o poema... Tudo de bom nesta vida... Beijinh0os de carinho e ternura,
Boa Noite,
Fernandinha

Machado de Carlos disse...

O amor é infinito!

o que me vier à real gana disse...

" Sol e Lua precisam se abraçar"... O erro encontra-se em, esse acontecer, DEMORAR.

Belo texto

silvioafonso disse...

Eu queria exultar no abraço dos astros, que distante mal se vê. Desse castelo de cujos degraus tomaria toda a vida do audacioso que se atreveria e não devia, já que o amor quer escambo, quer troca e não devia. Mas o palácio está vazio dos teus sonhos, sem te ver.
Vou seguir o teu conselho, abrir os braços e num abraço, acalmar minha alma. Quero nessa vaga que no oceano da minha vida, serpenteia. Entregar-me à minha sorte, no teu sorriso de sereia.

silvioafonso

.

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada por estar presente na homenagem a nosso amigo Olavo.

Fim de semana de luz.

Um gde abraço.

beijooo

João da Silva disse...

Lindos! Seus versos vêm todos direto do coração e nos tocam diretamente o coração. Sentimentos sinceros, escritos de maneira linda... sempre prazer, sempre prazer, querida, vir aqui.
Beijos carinhosos, com aroma de rosas,do João

João da Silva disse...

Lindos! Seus versos vêm todos direto do coração e nos tocam diretamente o coração. Sentimentos sinceros, escritos de maneira linda... sempre prazer, sempre prazer, querida, vir aqui.
Beijos carinhosos, com aroma de rosas,do João

O Profeta disse...

Divagações da alma...lindo!~


Doce beijo

loup-julien disse...

Lucia Olá!
Boa noite, e acima de tudo um excelente fim de semana.
Beijos!

Bill Stein Husenbar disse...

Que belo é o seu coração.

Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança s espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

Tem selinho da amizade la para vc.

beijooo

cõllybry disse...

Olá querida, linda que está...Com mimos de sonhos nos dá neste mar de sonho...

Beojo terno

Gui disse...

A árvore égira mas você é mil vezes mais bonita. Descilpe o galanteio mas é sincero. Obrigado pelas suas visitas, um beijo e um óptimo fim de semana.

Carla Silva e Cunha disse...

passei para ver as novidades
beijos
bom fim de semana
Carla

GiGi disse...

Foi um dos maiores prazeres da minha vida na net: encontrar esse blog encantador.
Um domingo de mel!

DE-PROPOSITO disse...

Mas, quem és tu afinal?
------------
Uma incógnita que perdurará até ao final dos dias. É que em cada dia que passa vamos conhecendo sempre algo de novo. Não é por mero acaso, que existe o ditado: 'Devíamos nascer, no momento em que morremos'.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Um beijinho.
Manuel

C Valente disse...

Saudações amigas e votos de Santo Natal

carla granja disse...

olá amiga ! tudo lindo no teu blog :) poema belo,fotos belas tudo lindo. amiga como estou com um pouco trabalho com a venda do meu livro,já deixei um poema de Natal no meu blog e cá espero a tua visitinha
bjos e boa semana
carla granja

janaina de almeida disse...

lúcia, suas poesias estão cada vez melhores.
beijos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vc está linda apoiada na árvore e o que dizer do poema? Lindíssimo!
Querida;
Publiquei no Galeria e nos meus outros Blogs. Apareça.
Beijos ternos,

O Sibarita disse...

Moça que poesia porreta, faça fé!

Como sempre apaixonada, arrebatadora e intrigante! kkkkkkk

Quem és afinal? Dizei-vos vós! kkkkk

Que porreta Lúcia que você está mais solta nessa linda poesia, tomara que seja uma virada começando junto com o ano novo que chega!

bjs
O Sibarita

águia_livre disse...

São versos lindissimos que entram no coração e refrescam a alma

Visitem um cantinho de poesia em pensamento

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/
.

São disse...

Minha querida Lúcia, de coração lhe desejo festas alegres, um Natal de amor e harmonia e um 2009 concretizador de todos os seus sonhos,tudo em companhia de quem ama!

Um apertado abraço por sobre o oceano azul.

Carla Silva e Cunha disse...

Passe por:

www.avanessaguerradesafio.blogspot.com

e vote na minha tela

beijos
Obrigado!

Luis F disse...

Bonito blog, bonitas fotos (estas cada vez mais bonita), bonito texto.

Adorei ler e navegar neste teu mundo... mergulhando nas tuas palavras

Com amizade
Luis

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Linda, vc se importa de ir o mais rápido possível ao Poemas? É que o meu Amor zangou-me comigo, então lhe preparei um brunch. Por favor.
Beijos,
Renata

Entre "aspas" disse...

Fico cada vez mais maravilhada ao passar por este cantinho ão confortante,cheio de sensibilidade,tudo com muito amor,minha amiga além Atlântico.
Bjs Zita

SILÊNCIO CULPADO disse...

Olhos de Mel

Momentos de deslumbramento que é impossível não amar. Porque o seu amor está aqui dentro, em plenitude, sempre amor bem linear. Porque amar é amar.


Beijos e um Feliz Natal

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Moça linda dos olhos de mel:
Sabia que tenho mais um Blog? É o TRISTÃO E ISOLDA, onde publico pesquisas relativas ao tema que venho fazendo há anos. Hj, fiz uma postagem. Não postarei todos os dias, vou deixar o post esgotar-se.
http://tristoeisolda.blogspot.com
Beijos e apareça,
Renata

Deusa Odoyá disse...

Olá minha amiga!
Um poema muito lindo e sensível.
doce como vc. minha amiga.
Parabéns por essa bela família.
Fique na paz do mestre Jesus.

Regina Coeli.