Vida, alma e poesia

Se de tudo que fizeste na vida

eu me encontrasse em um simples cantinho,

teria valido a pena.

Se em cada pensamento, em cada frase,

eu me encontrasse num simples versinho,

teria sido importante.

Se em cada gesto,

em cada afago,

a minha lembrança te tocasse,

eu teria sentido...

E, se no silêncio da noite

entre as estrelas me procuraste,

por certo, encontrarias os meus olhos

enxugando o pranto de um amor perdido.

Recebi esse desafio da minha amiga Carlinha.

Ssonhos a realizar antes de morrer;

os que acho mais importantes:

1º Ver sempre, meus filhos felizes, realizados e saudáveis;

2º Fazer meu amor, cada dia mais feliz;

3º Poder sempre ajudar meus filhos;

4º Ainda ver um mundo menos desigual;

5º Que todo ser humano tenha casa, comida,

emprego e assistência médica;

6º que a paz reinasse sobre o mundo;

7º que toda espécie de violência fosse extinta;

8º uma casinha branca, com um lindo jardim,

numa pacata cidadezinha do interior,

onde eu pudesse ficar com meu amor.

Coisas que não gosto:

1º violência;

2º injustiça;

3º traição;

4º falsidade;

5º mentira;

6º guerras;

Carlinha; como lhe disse, é muito difícil

selecionar apenas 8, dentre tantos que amo,

nem me sinto justa.

Portanto, se me permite, já lhe pedindo desculpas,

quero deixar a todos, pois assim,

temos a oportunidade de conhecer

um pouco mais de cada um.

Beijos

Luz do meu caminho

Senhor! Um dia ouvi falar de ti

e andei entre luz e trevas,

o meu caminho escolhi.

E, entre tantos desacertos,

por tuas mãos decidi.

Foram lágrimas e sorrisos,

encantos e desencantos,

amores e paixões;

passadas sem rumos,

pegadas de ilusões.

no andar em desalinho,

de uma certeza tão incerta,

mas com fé e retidão.

Um amor desencantado,

uma dor no coração.

Segui a luz da estrada,

no teu ombro até chorei.

Percorri meus espaços,

Sonhei cada vez mais alto,

em desalinho, segui teus passos.

Fiz do meu sonho, esperança;

da ternura emoção,

do carinho a canção,

desse infinito amor,

que trago no coração.

Eu sou da Bahia
(samba choro)

Eu gosto de samba faz parte da história

não importa a cor, se sou Lúcia, ou Aurora.

Pois quem traz o samba, no sangue e no pé,

na alma latina de uma mulher...

E daí? Eu gosto de samba, ele me contagia,

eu gosto de samba, eu sou da Bahia.

Baiana que é boa cai nessa folia...

E daí? Eu gosto de samba é minha Bahia,

eu gosto de samba, ele me contagia...

baiana que é boa cai nessa folia!

Não sou da escola, mas tenho alegria,

eu trago no sangue esse dom, a magia,

aqui nessa terra de samba e folia,

O amor vem das cores da nossa Bahia...

E daí? Eu gosto de samba, ele me contagia,

eu gosto de samba, eu sou da Bahia.

Baiana que é boa cai nessa folia...

E daí? Eu gosto de samba é minha Bahia,

eu gosto de samba, ele me contagia...

baiana que é boa cai nessa folia!

Lúcia Laborda

Para ouvir em mid: http://www.vidaalmaepoesia.com/100_Eu_sou_da_Bahia.htm

Obrigada minha amiga São por esse carinho.

Quero oferecê-la aos amigos que aqui passam,

com votos de um final de semana feliz! Beijos

Meu doce sol

Meu lindinho! Acredito que nosso amor estava escrito nas

estrelas. Que vem além dessa vida. Apenas vive a

espera de eclodir, na luz brilhante do luar. Pois, em outra

dimensão existe, o cumprimento espiritual de nossa

obrigação, antes que nossos olhos possam,

juntos reluzir. Antes que sol e lua possam se encontrar.

Assim, como existem os mistérios da vida, que nem o

passar dos anos explicará, existe nossa história que

jamais se extinguirá. Porque nem com o tempo, esqueci o

seu olhar, seu cheiro, seu tocar. E, quanto mais caminho,

mais sinto, o quão difícil é, viver sem você; quanto é

imenso meu sonhar, meu querer, meu amar.

Meu doce sol, a sua luz aquece a minha alma e ilumina

meu caminho. Através do brilho de seus olhos vejo-me

refletida, amada. A sua sombra repouso em doçuras,

após o gozo dos instantes, em nuvens de algodão, onde

as nossas vidas se fundem e se confundem, em ternuras

e desejos, numa infinita emoção.

Meu amigo Efeneto, obrigada pelo carinho!

É com o maior orgulho e alegria

que ostento este selo, símbolo da amizade.

Que Deus o abençoe! Beijos

Eu queria

Eu queria vestida de amor,

ainda que num futuro distante,

reviver um passado encantado,

num encontro predestinado,

lhe fazer feliz e realizado.

Queria num jardim florido,

numa estrada colorida,

em um lindo anoitecer

eu tivesse a felicidade,

de em seu peito adormecer.

Queria eu deixar esse mundo

levando todos os meus sorrisos,

todos os meu encantos;

minhas lágrimas de alegria

esquecer todos os meus prantos.

Queria que nesse profundo sono

pudesse em verdade lhe ter.

Queria no além, renascer,

guardando a esperança

de feliz, ainda ser.

Queria um encontro de almas,

uma fusão de corpos desejados,

uma vida eterna a seu lado.

Queria em amor, traduzir palavras,

pra festejar esse momento,

por mim, tão sonhado.