Nada é por acaso
Nada é por acaso
e pelos caminhos que percorri,
nem sempre de flores,
nem sempre encontrei amores.
Muitos sonhos, cultivei.
Reconheci lugares,
que nunca passei...
Nem sempre sorri,
mas em cada dor, aprendi.
Amigos que aqui fiz e
em mundos distantes,
anjos sem faces,
porém tão constantes...
E em meus passos incertos,
nas minhas viagens a lua,
deparei-me com as mãos tuas,
teus sorrisos brilhantes,
teus carinhos tão constantes...
Olhando as estrelas
descobri em cada cintilar,
uma mão a me guiar;
vi em toda abóbada celeste,
uma via láctea de flores,
cifras de canções de amores,
fadas e gnomos apagando as dores,
do caminho por onde devo passar.

Obrigada a todos os meus amigos pelo carinho em todos os momentos!

Carinhos que recebi das amigas e que deixo aos que aqui passam: Obrigada minha amiga Manuela Obrigada minha amiga Ana

45 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Oi,

Passo para você uma pequena receita

para melhorar um pouco o seu viver...



Em primeiro lugar, antes de se levantar alongue-se bem,
se estique bastante até sentir o quanto você é
maior que você mesmo.

Abra a janela e diga: "Bom dia, dia!
O dia irá te receber muito melhor
e será muito mais fácil enfrentá-lo.

Se você encontrar, no decorrer do dia,
com pessoas indelicadas,
perversas e que subestimam a sua
inteligência não dê tanta importância.
Elas podem não perceber o que fazem,
mas você com certeza estará atento a tudo de ruim
que ameace azedar seu dia.

O problema que tiver, enfrente-o.
Não fique dando voltas, fingindo que ele não existe.
Se ele acontece, é para ser resolvido.
Se for grande demais, vá resolvendo parte por parte
até que ele fique bem menor.

Dê atenção especial a todos que são gentis com você,
e com certeza receberá gentileza também.
Só não se esqueça que nem todos os dias
são bons para todos.

Dê à sua paciência, à sua compreensão
e ao seu raciocínio
todo fôlego que eles precisam.

Pense duas vezes se tiver que engolir algum "sapo".
Lembre-se, ele pode ser indigesto demais.

E, mesmo que hoje o seu dia seja bastante atarefado,
não se esqueça de deixar alguém feliz,
mandando um oi a quem você quer bem.
Talvez amanhã o seu dia seja muito mais ocupado que hoje.
Desejo que você tenha um "lindo dia".

Obrigada vc tb pelo seu carinho, sua atenção,sua amizade.

beijooo.

águia_livre disse...

Existe sempre um amor atrás do nosso olhar. Basta querer vê-lo

Um beijinho grande

AL.

O Árabe disse...

Poética caminhada, sim... que terá, por certo, um destino feliz. :) Bom resto de semana!

Bandys disse...

A vida sem amor não tem o menor sentido.
Amiga, seus textos saõ otimos

beijos

Anônimo disse...

ALA poemas passou por aqui e deixou um abraço amigo para todo o povo Brasileiro

ALA poemas

VANUZA PANTALEÃO disse...

Amiga do Coração de Mel, muito grata pela preocupação com a minha saúde.Estou melhor...
Os seus Poemas também amenizam e suavizam as nossas dores diárias, acreite! Fico a imaginar a pessoa maravilhosa que és.
Suas fotos e Layout são especiais. Parabéns, Lúcia!!!
Carinho imenso!!!

VANUZA PANTALEÃO disse...

OPS: ACREDITE...Essa minha digitação!Rsss

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA LÚCIA MARAVILHOSO POEMA AMIGA, ADOREI... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Desnuda disse...

Querida amiga,

teus versos são repletos de ternura, carinho, amizade e amor. Lindos! Obrigada!


Carinhoso beijo.

paula barros disse...

Acredito que em todas as vidas são assim, flores e espinhos, porém a diferença está nesse tipo de olhar. Olhar as estrelas e encontrar mãos a guir...

E assim se faz a diferença.

beijo

Gazeta na net disse...

Olá amiga
Tens razão, nada é por acaso, para sabermos que existe o dia temos de conhecer uma noite, tudo tem um avesso. Até o amor, caso contrario não existiria..
Fica bem
Beijos perfumados

Lino disse...

Amor é essencial para as nossas vidas. Sem ele, ela é vazia e nós também nos esvaziamos.

loup-julien disse...

Olá, Lúcia.
Obrigado por sua mensagem. Tenha uma boa semana
e um excelente fim de semana.
Beijos.

São disse...

Profundo poema esse de hoje. apreciei demais.
Um bom fim de semana, linda !

Fernando Pinto disse...

Gosto de caminhos sarapintados de flores...

Beijinhos de Portugal (Ovar, junto ao oceano Atlântico)

Véu de Maya disse...

linda e sempre encantadora com teus versos puros, vindos de uma alma poética.
com prazer te visito,amiguinha.

beijinhos,

véu de maya

Vieira Calado disse...

Olá, 'miga!

Venho desejar bom fim de semana.

Bjs

Menina do Rio disse...

Considerando que a mais bela das flores, vive cercada de espinhos, então os caminhos mais belos são os que tem curvas, pedras, ladeiras, precipícios, mas ao chegarmos ao fim da viagem, terá valido a pena, cada arranhão.
Um beijo na tua alma, querida.

Bom final de semana pra ti com muitas alegrias

Daniel Costa disse...

Olhos de Mel

Mais uma vez vivi a louvável suavidade do belo momento de poesia, que proporcionas.
Beijinho,
Daniel

luzdeluma disse...

Lúcia, todos nós passamos por momentos tristes, de dificuldades e que parece, não iremos aguentar o peso dos dias, mas se tivermos a quem, ao menos o olhar, estiver a nos incentivar, ótimo! Se for a quem amar, melhor ainda! Bom fim de semana! Beijus

janaina de almeida disse...

Lúcia, tem meme para voc~e lá no blog,beijos.

Maria Valadas disse...

Versos fluentes, completos de mágicas e belas palavras,

É sempre bom, vir aqui minha querida Mel.

Lamento, não vir mais vezes... mas
quando venho...leio TUDO!

Bom fim de semana.

Beijinhos.

Uma aprendiz disse...

Oi, moça

saudades de estar por aqui e de receber suas visitas. Não suma!

Concordo com você em cada letra.
O amor nos faz bem e torna tudo mais belo.

Um lindo final de semana pra ti

Peter disse...

Tens razão: "nada é por acaso".

Bom fds e que o acaso te sorria...

Flor de Lótus disse...

Boa tarde!!
Baiana,terra de gente boa...muito carnaval,e praias lindas.
Um luxo seu blog!
adorei pasar aqui e ver tantas coisa bonitas...
Irei voltar...
Um lindo fim de domingo.
FLO RDE LÓTUS

SILÊNCIO CULPADO disse...

Olhos de Mel

Nada é por acaso. Tudo as nossas mãos constroem e destroem, tudo o nosso coração se alegra ou chora, de tudo sentimos afectos ou repúdios. Vimos de longe, doutras paragens? Procuramos o afecto no infinito?
Quem sabe responder a tanta pergunta?
Resta-nos viver.

Tu mereces todas a satenções e mais algumas dos teus amigos.


Beijos

O Sibarita disse...

Oi moça, beleza! kkkkkk

A vida é o que plantamos, então, se são flores plantadas, as colheremos no nosso caminhar seja em forma de solidariedade, de bondade...

Pois seu texto porreta confirma isso tudo por sabermos a grande mulher bondosa que você é!

Parabéns!

bjs
O Sibarita

KrystalDiVerso disse...

...


Esta fopa que da cinzas voou,
É ínsula ausente que de mim se apartou,
Extinguido fogo deste frio que não sinto,
Tristeza sem fim da memória que se eivou,
Despeito meu de insulso absinto,
Verdade ancestral que em silêncio desminto,
Mentindo que não minto sobre o vazio que ficou!

...

Escolha entre... beijos e abraços


Poesia à solta em seu blog. Suave, muito suave e... com sabor a doce poesia!
Parabéns

Carla disse...

de facto nada é por acaso...mas é bom quando tornamos os acasos momentos de felicidade
beijos e boa semana

DO disse...

Sempre lindo e de muito bom gosto.

Beijos,Mel. e uma otima semana!

O Árabe disse...

Boa semana, menina dos belos versos! :) Aguardo o novo post.

Anônimo disse...

Boa noite.
Agradeço sua sua vista,desejando-le uma linda semana.
Gostaria se posivel,você me explicar como colocar música no blog.
Não tenho prática ainda com estes sites da net.
ficaria agradecida.
Beijos.

Flor de Lótus disse...

Boa noite.
Agradeço sua sua vista,desejando-le uma linda semana.
Gostaria se posivel,você me explicar como colocar música no blog.
Não tenho prática ainda com estes sites da net.
ficaria agradecida.
Beijos.

Me perdoe .Foi como anônimo

Sandokan disse...

Dorme uma mão sobre o fogo,
Selando os lábios que sussurram nas sendas do castelo,
Como um grito amordaçado.
Sonha com um corpo cansado
De tantas mágoas passadas
E nada tendo alcançado

Paira um sopro nas asas da tempestade,
Como um corpo crucificado no crepúsculo esmorecido
Da manhã divinizada.
E a vida chega a doer
E é o primeiro tédio, depois do medo

Espelha-se no segredo a confidência do absoluto
Cantando gritos na aurora do infinito
Onde se espraia o amplexo da gaivota mutilada
Pelo fúnebre enlace da corda que pinta os momentos
Na esmorecida miragem de um labirinto deserto.

Dorme um anjo sobre a areia…

Oliver Pickwick disse...

Além de bonito, este poema começa com uma verdade: "nada é por acaso". Com um coração repleto de generosidade e carinho como o seu, é claro que faz por merecer uma Via Láctea de flores.
Um beijo!

Maria Clarinda disse...

Nada é por acaso...quanta verdade!
Adorei o teu poema, Olhos de mel lindos!
Jhs mil

Branca disse...

É a forma que direcionamos a vida que determina como será esse caminho que devemos passar e o seu - já percebo - é regado a muito amor, muita ternura, então só coisas boas te espera...

Ótima semana!

Beatriz disse...

Vagar pela imensidão azul e lá de cima poder observar o caminho percorrido, colher as flores da bonança, secar as lágrimas nos sorrisos dos anjos, iluminar o olhar com novas estrelas, abrigar no coração novos sonhos... e ter a certeza de que nada é por acaso.

Lindos versos, minha querida amiga, e a foto, como sempre, a nos trazer teu doce sorriso.

Deixo uma rosa azul, um sorriso perfumado, e um beijo no coração, com meu carinho.

Fernando Santos (Chana) disse...

Oi Mel, belo poema...Espectacular....
Beijo para você

meus instantes e momentos disse...

passando para te deixar uma boa noite,
Maurizio

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindíssimo poema, querida. Muito bem feito e muito parecido com um poema meu que, com certeza, vc lerá.
Sofri uma pequena intervenção cirúrgica e hj voltei para casa. Deixei os posts prontos e o meu irmão os publicou para mim. Hj, foi a vez do Galeria. E eu peço que vc comente neste Blog, porque é o meu carro-chefe e porque é uma postagem caprichada, de Páscoa. O filme - A Última Tentação de Cristo - vc já deve ter visto. Se não o viu, leia só a sinopse, depois o poema, aprecie os ovos e os coelhinhos e um curioso texto sobre a origem dos ovos de Páscoa. Conto com vc no Galeria.
Um beijo,
Renata
O poema postado me lembra muito o seu

Flor de Lótus disse...

Bom dia.
Me perdoa a demora para responder,mais, é que com feriadão á vista,temos que correr para colocar os trabalhos em dia....
Estou querndo sim,colocar o meu templeite lago como o seu.
Estou enviando meu e-mai,e por lá trocaremos informação...
Não quero sua página de recados feia, com informaçõs de configuração de blogger.
Meu e-mail:
pdrsantos60@gmail.com

Um lindo dia baiana.

A.S. disse...

Olhos de mel,

Entrei dentro do poema! senti as mais doces sensações...


Beijos... e Boa Páscoa!

Iana disse...

Amiga querida quanta saudades e obrigada de coração por regar meu/nosso jardim...

Fiz um grande retiro amiga, passei dias de fortes ventos, hoje porém mesmo com "algumas dores" me rendi ao carinho dos amigos/as e me joguei mais uma vez nos braços daqueles que quero e me querem também Tão Bem!

"Enfeite-se com margaridas e ternuras
e escove a alma com flores,
com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração acelerado,
saia do quintal de si mesmo
e descubra o próprio jardim..."
Carlos Drummond de Andrade

Beijos mil da rosa amiga
Iana!!!

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga Mel.
Desculpe a minha ausência, pois estive acamada, e viajei.
Mas, retorno com força total.
Nesse seu poema ,que por sinal é lindo, maravilhoso e muito significativo para mim.
Estou me sentindo assim, como seu poema.
Cheguei a me emocionar, pois batestes em minha ferida aberta.
Uma semana abençoada para vc. e sua familia.
Muita luz e paz.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.