Luz do meu caminho

Senhor!

Um dia eu ouvi falar de ti

e andei entre luz e trevas,

mas, o meu caminho escolhi.

E, entre tantos desacertos,

por tuas mãos decidi.

Foram lágrimas e sorrisos,

encantos e desencantos,

amores e paixões;

passadas sem rumos,

pegadas de ilusões.

No meu andar em desalinho,

em minha certeza tão incerta,

segui com fé e retidão.

Chorei um amor desencantado,

escondido no coração.

Segui a luz da estrada,

no teu ombro até chorei.

Percorri meus espaços,

sonhei cada vez mais alto,

e bem de mansinho,

segui teus passos.

Fiz do meu sonho

a esperança;

da ternura emoção,

do carinho a canção,

desse infinito amor,

que trago no coração.

Obrigada Senhor!

Por todas as noites que chorei,

que me fizeram lembrar

os belos sorrisos que já dei.

Pelas noites de solidão,

que me fizeram sentir o teu amor

preencher meu coração.