Aprendi

Aprendi a olhar para o céu

e ver apenas, as estrelas;

porque os olhos do meu amado,

nem sempre quererem me ver.

Aprendi a chorar durante as noites

e sorri com o primeiro raiar do sol;

porque tudo aquilo que me entristece

ninguém se importa e pode aborrecer.

Aprendi a caminhar sozinha;

porque a vida me mostrou,

que é apenas meu, o caminho

e ninguém é obrigado seguir comigo.

Aprendi a não acreditar no amor,

chorar e emudecer a minha voz;

porque preciso esquecer o que sinto

e ninguém se importa com o que digo.

Aprendi que estamos sós no planeta,

que apenas Deus nos conforta

nos faz adormecer com os sonhos

e acordar pensando apenas na lida.

Aprendi que amor é uma palavra morta,

amar, o mundo já não comporta

e eu preciso ainda cumprir

o percurso que resta da minha vida.

Razão do meu viver

Amor; é com lágrimas nos olhos

que escuto esta canção;

pois, lembro teu sorriso,

sinto teu cheiro, teu tesão,

a acenderem minha paixão.

Olho o céu cheio de estrelas...

e entre elas o teu olhar

me convidando a namorar.

Te desejo com loucura

e vou a tua procura.

Na penumbra do nosso quarto,

sinto teu cheiro, teu abraço,

o pulsar do teu coração.

Amor da minha vida,

minha doce canção,

luz que ilumina meu caminho,

a Deus, eternamente, agradeço:

por meus sonhos que realiza;

por nosso lindo renascer;

por nosso amor que eterniza.

Meu doce amor;

esse sol que trazes nas mãos,

ao tocar o corpo meu

desfaz qualquer tristeza.

E nesse amar tão sublime,

cheio de ternura e beleza

quero colar meu corpo ao teu.

Viver a eterna emoção

de colocar em tuas mãos:

minha vida, meu destino,

meu pequenino coração.

Mulher

Mulher que da a volta por cima,

que chega do trabalho cansada,

a noite se arruma e fica divina!

Mulher que traz a coragem,

que dá a luz a um ser.

Mulher que chora de raiva,

e sorri de prazer.

Mulher mãe, amante, trabalhadora,

mal amada, tão desrespeitada,

em todas as suas formas...

mas por Deus foi tão abençoada;

simplesmente mulher; uma vencedora!

A todas as mulheres, com carinho e respeito.

Em especial as mulheres da minha vida:

Minha mãe (eterna saudade) e minhas filhas