Ai coração...

Ai coração!

Se perde em meu corpo,

se encontra nessa canção.

Chora ao luar...

traz esse amor profundo,

que tanto me faz sonhar.

Vai saudade!

Leva um beijo por mim;

a lembrança que me invade,

pulsa de tanta emoção

acende a luz do meu ser,

afasta qualquer solidão.

Vem esperança!

Grita forte em meu peito,

quero colo feito criança.

Traz alento, conformidade,

quem sabe um dia

vivermos a nossa verdade.

Fala paixão!

Diz o que quero ouvir

sobre o teu coração.

Vê o meu corpo a seduzir,

o teu corpo em nosso leito,

quando a lua cheia vem reluzir.

Doce tesão!

Onde me vejo renascer,

onde encontro a perfeição,

onde me perco de prazer,

quando me levas ao infinito

desarmando todo meu ser.

19 comentários:

Daniel Costa disse...

Lúcia

Maravilhoso poema, onde o romatismo da tua alma, esteve como sempre apareçe. No caso acentuado, parece-me acentuado de maneira diferente.
Beijos

Machado de Carlos disse...

O corpo. Uma linda moradia para a alma. Nestes corpos seduzíveis podemos ter uma viagem plena e cheia de vida, principalmente quando mergulhamos em um corpo com os mais ricos perfumes das flores do imenso jardim.

A beleza sempre foi e sempre serão os olhos; alguns azuis, outros verdes e ainda aqueles que nos transmitem as doçuras do mel. Enfim, os olhares são válidos e fáceis de serem contemplados.

Beijos!...

Vanuza Pantaleão disse...

Coração, paixão, tesão, tudo isso cabe nos teus versos amorosos que lanças às nossas mãos como flores de um buquê, amiga. A foto do teu repouso também nos repousa a vista.
Suave final de semana, Lúcia!
Beijos

Vanuza Pantaleão disse...

Os seres viventes do Matagal lhe agradecem a cordial visita.
Beijinhos no coração!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Lucia, belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

São disse...

Lucinha, sua poesia é sempre um manancial de ternura ...

Um beijo, querida.

Desnuda disse...

Querida amiga,

Lindo demais! Concordo com a amiga são: " sua poesia é sempre um manancial de ternura". Tem a sua marca, amiga! Obrigada por mais uma bela partilha. A foto está linda!


Beijos com carinho e bom fim de semana.

meus instantes e momentos disse...

belo poema
que bom teu blog.
Tenha um final de semana feliz.
Maurizio

Leovi disse...

Se va intensificando estrofa a estrofa. Desgarradoramente romántica. Muy bonita. Besos

Everson Russo disse...

Coração belo que ama,,,que sofre,,,que se acostuma,,,que se reinventa...beijos de bom sabado.

Whispers disse...

Querida,
Quanto romantismo, quanta emocao, quanto amor saiu do teu lindo coracao.
Beijos mil
Rachel

Paula Barros disse...

Coração, saudade, esperança, paixão, tesão...amor, vontade, desejo...poesia...você sempre consegue trazer com alma estes sentimentos.

beijo

Amor feito Poesia disse...

Humildade verdadeira resulta em tanto poder
da verdade e silêncio interno que você não
precisa dizer absolutamente nada com as palavras.

(Dadi Janki)


Feliz semana e beijos meus! M@ria

O Árabe disse...

Terno e intenso,a um só tempo. Muito belo! :) Boa semana.

Maria Valadas disse...

Após uma ausência ( por motivos de saúde), não tenho visitado os blogues que mais aprecio... entre eles, o seu, querida Lúcia.

Mas, eis que me encontro aqui novamente para me deliciar com a sua terna poesia.

Boa semana, querida.

Beijinhos.

Vieira Calado disse...

Bonitas,

esbeltas rimas!

Beijinhosss

Vanessa disse...

Adorei seu blog e te sigo!

Gde beijo

perfume de laranjeira disse...

gostei... mas sobretudo do seu ar sensual como se recosta no maple...
para que palavras... quem dera estar aí para saborear tua doce e irresistivel beleza...

sinfonia disse...

Obrigada por se ter registado no
meu blogue.
Gostaria que me desse autorização
para inserir um poema seu no meu
blogue http://sinfoniaesol.
wordpress.com
com os devidos créditos.
Basta deixar um comentário.
Bj.
Irene