Portal da eternidade

Amor; maravilhoso é estar com você,

onde encontro o portal da eternidade,

nos momentos em que me perco desse mundo

e até de mim mesma,

para lhe encontrar no paraíso...

Hoje amanheci lhe querendo muito!

Doidinha pra estar naquele lugar,

onde a vida nos parece outra.

Lá, onde tudo é belo, tudo é impreciso.

Onde começa o nosso mundo

e termina num prazer absoluto, infinito...

Hoje eu queria rasgar as nossas fantasias

e travestidos de loucos, aos olhos do mundo,

sermos apenas nós, sem vestes, sem coisa alguma...

viver a plenitude das nossas sedes profanas

cobrir nossos corpos com o manto do sagrado prazer:

que começa quando desliza suas mãos insanas

por sobre meu corpo ávido, por lhe ter.

Lavar as nossas almas nesse amor tão denso,

tão livre, tão profano, tão profundo...

deliciando o gozo mais bonito, do nosso querer.

18 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo amor...Espectacular....
Cumprimentos

Machado de Carlos disse...

Realmente o amor marca um grande momento. Um momento feliz! Devemos valorizar um momento feliz como se fora o último, pois assim, fazemos dos instantes uma eternidade de prazer sem fim.
Belíssimo seu poema. Escreva sempre. Escreva-me sempre.
Abração!...

Leovi disse...

Amor y eternidad son dos palabras que deberían ser inseparables. Un abrazo y gracias por este bonito poema.

Vanuza Pantaleão disse...

Um amor livre e profano...ah, isso é tudo o que a gente quer antes do mundo acabar!
Linda semana, amiga! Mas não misture mel com pimenta [risos].
Beijinhos e muito carinho!!!

Vanuza Pantaleão disse...

Eu também sou louquinha por pimenta, amiga. Não posso abusar, mas vou comprar um vidrinho. A pimentinha baiana é que é boa de verdade, né mesmo?
Fiquem todos bem e com Deus!!!

Desnuda disse...

Amiga,

Que amor bonito é este feito de ardor, ternura e paz...! Adorei querida.


Beijos com carinho e ótima noite.

Poemas Proibidos disse...

O amor sempre chega na hora exata e no momento certo. Vibre com ele e por ele. Seja eternamente feliz ao lado do seu bem-querer!

Daniel Costa disse...

Lúcia

Estou em crer que o profano também terá o seu quê de religiosidade. Lendo o teu belíssimo poema, fica essa sensação.
Beijos

Everson Russo disse...

Esse é o verdadeiro amor,,,amor eterno,,,amor que a gente pode acreditar que vai passar os melhores e piores momentos,,,que irá velar o sono e cuidar sempre...grande beijo de bom dia pra ti querida.

Paula Barros disse...

Um amor intenso e gostoso de se ler.

beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Estive aqui um pouquinho consigo,
agora vou partir, mas deixo um
beijinho e o desejo de que esteja
bem.Bj.
Irene

looking4good disse...

O título "Portal da eternidade" diz tudo. Contentarmo-nos com o desfrutar desse espírito paradisíaco enquanto o amor dura... já não é mau. Flores, sorrisos e ...poesia :)

Evanir disse...

Um lindo poema lindo e profundo.
Lindo final de semana beijos e beijos,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com

Amor feito Poesia disse...

Desculpem-me a ausencia.
Estou de volta e com saudades de todos.

Gosto dos afagos sinceros na alma.
Nada extravagante eu gosto...
Tenho fascinação pela simplicidade
e por gestos pequenos de ternura...
Gosto de acaricia-los com o coração!

(Cida Luz)

Amor & Paz no seu Domingo! M@ria

João Moreira disse...

Olá meu anjo,
Sempre te conheci a romântica do mundo dos blogs, nunca percas esse coração romântico que fazes questão de partilhar connosco.
Fica bem amiga
Beijinho doce

O Árabe disse...

Denso, profano, profundo... e muito belo! :) Boa semana.

Vanuza Pantaleão disse...

O teu romantismo é como o mel que nos cura o corpo e a alma.
Saindo da gripe...vim em busca desse mel e dos teus versos tão amorosos.
Um belíssimo dia, amiga!!!

Fênix27 disse...

Olá,encontrei o seu link no site da minha maravilhosa amiga Evanir e vim visitar adorei tudo por aqui.Palavras romanticas que nos enternece,lindo,lindo.
Tomei a liberdade já estou te seguindo.
Bjos.