De corpo e alma – (minha Lú)
Na tua pele macia, descubro o gosto dos melhores vinhos; nos caminhos do teu corpo, desfruto os prazeres da paixão mais louca, e na doçura dos teus olhos redescubro a pureza.

E te sou grato, por tudo que me trouxeste de volta. Pelos sonhos que me fazes reviver, pelo desejo que reacendes em mim e pela ansiedade para estar novamente ao teu lado.

Eu te agradeço porque me revelaste uma nova dimensão do prazer, onde nada é proibido e tudo nos conduz à plenitude.

Eu te agradeço pelas sensações que me trazes e nunca pensei existirem.

Eu te agradeço pela beleza e intensidade que descubro nas expressões de teu rosto, quando enlouquecida me cavalgas e nossos corpos ansiosos se unem na busca de um orgasmo maior.

Agradeço pela visão encantadora do teu corpo nu, entre os nossos lençóis; pelos seios alvos e macios, pelas pernas que me fascinam, pelas nádegas tentadoras.

Agradeço às tuas mãos, que deslizam por todo o meu corpo, em carícias suaves e alucinantes; à tua boca gulosa, que sem pudor ou recato me engole e prova todos os meus sabores.

Encanta-me o tesão infinito que existe em ti; a sensualidade que extravasa por teus poros, que se reflete nos teus gestos e vibra indisfarçável no teu riso ansioso do antes.

Encanta-me a intensidade com que te entregas ao sexo, despida de vergonha e preconceitos; esquecida do mundo, como se por eternos momentos nada mais pudesse existir.

Arrepiam-me os teus gemidos roucos, as palavras ardentes que sussurras ao meu ouvido; as frases profanas com que me pedes o que queres, com que me contas os teus desejos.

Sim; alucina-me a fêmea que há em ti. A mulher sábia e exigente, que busca e oferece o orgasmo mais intenso; que conhece cada recanto de seu corpo e não teme desfrutar do prazer.

Porém, também me encanta a menina que és. Da voz infantil, do sorriso encabulado, da meiguice infinita; de sonhos ingênuos, de esperanças que se mantêm e ajudam a viver.

Encanta-me o gostoso cansaço do depois, quando a tua cabeça repousa em mim, os teus cabelos se espalham em meu peito, o meu braço te envolve e a ternura nos visita.

É quando falamos de nós. Quando os nossos olhos gritam o que sentimos, as nossas mãos se encontram e sobrevém a sensação de companhia, a certeza de que estamos juntos.

De corpo e alma.
Flávio

De coração a coração ( meu Flá) Amor, em teus braços, em teu corpo, vivo um sonho encantado, cheio de emoções intensas.

Agradeço-te também e a Deus todos os dias, por te ter colocado em meu caminho, novamente. Por ter-me feito renascer.

Obrigada meu amor! Essa dimensão faz parte de tudo que sentimos um pelo outro.

Acredito que toda intensidade que nos envolve, faz parte de uma história que vem de outras vidas.

Amor, as expressões advêm da emoção de estar contigo e em plenitude viver momentos sublimes, inesquecíveis. E assim, tudo a nossa volta, se torna pequenino, diante da grandeza de te ter.

Obrigada meu docinho lindo! Por me encantar com palavras carinhosas e envolventes. Por me fazer acreditar mais em mim, e em tudo que sou capaz.

Como ser diferente, minha vida, se tudo em ti é uma fonte inesgotável de carinho e desejo?

Com certeza, meu amado, sou o reflexo de tudo que és para mim.

Esse sorriso é a felicidade e ansiedade de te esperar.

Amor; diante da grandeza de tudo que sentimos nada pode ser feio, nada pode ser proibido, porque vibramos na mesma emoção.

E quando me encontro apertadinha em teus braços, tudo me enlouquece, tudo me fascina, me faz vibrar de emoção.

Vibro em teus carinhos, teus beijos, teu cheiro e não há como ser diferente.

Alucina-me também teu cheiro, teus beijos, teu jeitinho de me tocar; quando me vejo refletida em teu olhar.

E a felicidade maior é o teu conhecimento sobre meu corpo, sobre tudo que diz respeito a mim.

Acredito amor, que essa menina que ainda existe em mim, foi a maneira que Deus encontrou de me preservar, para o dia do nosso reencontro...

É a luz do amor, no momento em que a vida se resume a nós dois. E no cansaço gostoso dos nossos corpos, vivemos esse momento único, apenas nós e tudo tem brilho. Está em nosso olhar...

E na certeza de quão grande é o sentimento que nos envolve, e a sensação da realização plena dos nossos sonhos, que nos faz sentir essa emoção;

De coração a coração.
Sua Lú
Amor, fogo e paixão

Amor; apesar da distância temporária, que nos separa, estamos coladinhos em nossos corações, em pensamentos e ações. A vida nem sempre segue como gostaríamos e esse, é mais um tempero, desses anos em que temos compartilhado o mesmo sonho.

A felicidade é imensa ao lembrar, que apesar de tudo, vibramos na mesma sintonia e em harmonia, driblamos os desencontros, que apenas vêm, com o propósito de testar esse sentimento que nos mantém ligados.

Durante todos esses anos, pudemos observar quanto o amor foi capaz de mudar as nossas vidas e nos tornar mais fortes, mais felizes e realizados. Isso sem falar na capacidade que teve esse sentimento, de construir novos sonhos, a partir de alguns, que não puderam ser realizados.

E que bom partilhá-los com você, que me conhece como ninguém e me faz ser a mulher que sou. Nesse particular, graças a Deus, tenho a certeza que também o conheço demais. Certa vez escrevi, que a vida havia me feito pra você e agora, após todos esses anos, sei, da mesma forma, você foi feito para mim.

Aqui as minhas noites não têm sido de sono, mas de sonhos. Sonhos com meus filhos que estão aí, com os que aqui estão. Minhas netinhas e o meu netinho que está por vir. Mas, também com nosso reencontro, que como sempre tem sido; puro encantamento e tesão. O que parece sempre, ser a primeira vez.

Olho o calendário, conto os dias, sem perder o compasso, sem deixar de lado, meu compromisso emocional, que aqui me trouxe. Com certeza, meu coração está dividido; se por um lado ele fala como mãe e avó; amor sublime emoção! Por outro, ele vive uma outra emoção: ser sua mulher; amor, fogo e paixão!