É loucura, ou solidão?


Na frieza da noite,
no vento que sopra
nas estrelas que no céu
já não vejo brilhar,
da um nó na garganta
um aperto no peito
uma imensa saudade,
que me faz chorar.

No véu da neblina
a chuva fina, a garoa,
no lusco-fusco a tristeza ecoa
da lua nova a lua cheia...
De longe escuto seus passos;
é loucura, ou solidão?
Chora o meu coração
no frio que meu corpo permeia.

O sol que não brilha
nessas ruas desertas
e as luas escondidas
no vazio das madrugadas
nos pensamentos reinantes,
o brilho dos seus olhos
o aconchego do seu colo,
dos meus desejos constantes.

31 comentários:

António Querido disse...

Não é loucura, nem solidão, talvez saudades dos bons momentos do passado!
O meu respeitoso abraço

São disse...

Depressa vai matar essa saudade, minha amiga.

Adorei o post sobre o ainversário de seu neto; muitas felicidades, Lucinha!!

Abraço para vós

Fernando Santos (Chana) disse...

Saudade....
Cumprimentos

Leovi disse...

Fantástico poema, pleno de melancólico romanticismo, me encanta.
Besos.

silvioafonso disse...

.


Bingo!
Duas com você foram as
pessoas que entenderam
o texto. Adoro quando o
que eu digo fica perdi-
do entre as coisas que
eu ouço, mas não abro
mão da boa interpreta-
ção, como no seu caso.

Beijocas e pipocas, co-
mo costuma dizer o Pa-
lhaço Poeta.

silvioafonso



.

Everson Russo disse...

Quando a noite chega os sentimentos se misturam,,,os sentidos se aguçam,,,e as incertezas se fazem mais presentes,,,,beijos e um belo dia pra ti amiga...

Daniel Costa disse...

Amiga Lúcia

Quero sempre imaginar, que haverá uma dose de locura, quandp o sol deixa de brilhar e se cria a solidão. Vem então o apelo aos desejos da constante imaginação que a poesia suporta.
Beijos

Vanuza Pantaleão disse...

Lucinha, querida!
Até com nó na garganta e a saudade machucando teu peito, até assim, ou até por isso, tu nos comoves com a tua Poesia, com o teu canto de pássaro ferido.
A foto nesse banco de jardim... tão solitária nesse banco frio de pedra. Faltará alguém ao lado? Creio que não. Veja, mas veja com os olhos do coração: junto a ti, estamos todos nós.
Miga, receba nosso carinho...

Vanuza Pantaleão disse...

Voltei, Lúcia! E sabe por que?
Arthurzinho, só podia ser ele![risos] Não é que o povo por lá do matagal tá ficando maluquinho com esse nosso netinho?
Nossa! Esse menino tem carisma mesmo! Agora, toda vez que eu quiser dar um empurrãozinho nas minhas humildes postagens, não vou nem falar nada. Boto lá o retratinho dessa gracinha e vamos que vamos. Ah, vou querer as fotografias do niver dele, sim. Já estou com aquela seleção pronta das minhas fotos preferidas para revelar (é cada velharia!rsrs)e, além de comprar molduras para os quadros, vou tomar coragem para fazer uma postagem. Jesus! Só Arthurzinho pra me salvar mesmo!!!!
Tchauzinho, e milhões de beijinhos nessa tua turminha linda que tão bem sabes acalentar com a tua doçura de mãe, mulher e avó!!!!

Luma Rosa disse...

Não é loucura, talvez um pouquinho de solidão. É mais saudades. Poxa, que música triste, Lúcia!! Assim... eu também choro. Tudo de bom pra você, docinho!! Beijus,

Emoções! disse...

Querida Lúcia,
muito obrigada por seu apoio
neste momento. Eu li seu comentário no meu blog FRAGMENTOS MEUS, e com carinho deixo aqui
o selinho dele pra voce postar no seu blog>
FRAGMENTOS MEUS> http://2.bp.blogspot.com/-0dI6ldYCQHY/T_75v3KOSxI/AAAAAAAAAYU/qQqBVk0QWSY/s1600/FRGMENTOS%2BBLOG%2BSELINHO.jpg
URL DO BLOG> http://leilinhavinho.blogspot.com.br/

Um beijo enorme e continue orando.
Já te seguindo por este aqui
onde inclue dois blogs meus,
te espero neles também.
Eu! Leilinha

O Árabe disse...

Solidão, saudade... infelizmente, as coisas que mais nos magoam são as que tornam mais belo o nosso canto. Ficou lindo o texto! Bom resto de semana.

Cadinho RoCo disse...

O amor não nos poupa dos seus infindos desejos.
Cadinho RoCo

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui.
Maurizio

Iremar Marinho disse...

Sua página é bela e inpiradora!
Agradeço por sua apreciação e comentário no Bestiário Alagoano.
Beijos

Ricardo Miñana disse...

Hola Lúcia, muy bellas tus letras
que tengas una buena semana.
un abrazo.

O Sibarita disse...

Ô moça! kkk Nem loucura nem solidão é desejo mesmo... kkkkkkk

O véu da neblina é só uma cortina para dara mais emoção! kkkkkkk

Dona Lúcia, ao certo, o seu poema diz, reflete, espelha e faz a chama, rebocado se não for! kkkkkk

O Sibarita

Iremar Marinho disse...

Amiga Lúcia
Como é gratificante encontrar gente igual a você;
que sabe apreciar e comentar produções literárias.
Como eu já disse; esta sua página é bela e inspiradora da arte e da vida!
Estarei sempre por aqui e quero você por lá no Bestiário Alagoano
Agradeço por tudo e lhe desejo bom fim de semana junto aos seus.
Beijos

O Árabe disse...

Passando mais cedo, para desejar boa semana! :)

BlueShell disse...

Às vezes sentimos assim uma imensa dor...mas acredita que vai passar...tem Fé!
Beijo meu com carinho
BShell

Machado de Carlos disse...

Os olhos encaram o objetivo. Os desejos se afloram, mas a rua está deserta. Somente o sol bate no corpo. O coração segue passo a passo a solidão. À noite a Luz chega empolgada, e a tristeza mostra a garoa da neblina. Há lembrança. Há saudade. Somente o vento faz companhia na noite estrelada.

O Sibarita disse...

ô mocinha e a nova postagem? kkkkkk


o Sibarita

ONG ALERTA disse...

Saudade um sentiment que nos invade, beijo Lisette.

Evanir disse...

Uma das grandes bênções da vida
é a experiência que os anos vividos nos concebem.
Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.
mais uma janela e abre diante dos meus olhos,
mais um espinho foi retirado da flor,
restando somente a beleza de tão bela data.
Com fé, na esperança e no empenho por ser melhor a cada dia.
Seguindo pelos caminhos da verdade e do amor.
Um dia encontrarei o mais belo jardim, o jardim que representará a realização
dos meus maiores sonhos.
Com saudades .
desejo um feliz final de semana
venha curtir meu aniversário.
Beijos na sua Alma,Evanir.

Evanir disse...

Boa Tarde Anjo Lindo.
Hoje venho agradecer o carinho deixado no meu blog pelo meu aniversário.
Agradeço a Deus por ter sua amizade e carinho muito tem me ajudado a romper
muitos momentos difícil pelo qual tenho passado.
A amizade é tudo nesses momentos conhecemos o carinho da amizade Sincera.
Beijos no seu coração.
Meu eterno agradecimento,Evanir..

silvioafonso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
silvioafonso disse...

.



O que faria você se o amor
da sua vida saísse de casa
bem cedo, trabalhasse como
um louco, amasse você como
poucos, mas quisesse para si o
melhor da festa?

Saiba mais detalhes na minha
postagem de hoje.

Beijos,

silvioafonso






.

helia disse...

Um Poema muito bonito !

Jota Effe Esse disse...

As luas escondidas vão trazer a passarada e alegrar a madrugada. Meu beijo.

Nelma Ladeira disse...

Olá adorei seu poema,seu blog parabéns.
Beijos.

Nelma Ladeira disse...

Obrigada pela visita.
Volte sempre beijinhos.