Nostalgia


18 comentários:

Leovi disse...

Una nostalgia así es realmente exquisita. Besos.

São disse...

Lucinha, seu vídeo está belissimo e me trouxe à memória o meu próprio percurso e as amizades importantes ou nem tanto da minha infância e adolesecência...e também a tristeza de quem já partiu.

Gostei de saber que teve uma amiga com meu nome e que um seu amigo tinha o nome tão engraçado de Tijolinho


As suas imagens com um grupo de amigo e depois em casal são tão doces---

Minha querida, bons sonhos

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente vídeo....
Cumprimentos

Moça disse...

Adorei o vídeo!
bj
opinandoemtudo.blogspot.com

O Árabe disse...

Belo texto, belas imagens e sentimento transbordando. Que belo post! Bom fim de semana.

Vanuza Pantaleão disse...

Miga querida, tu falas de Santo Amaro da Purificação? Terra de Caetano Veloso? Vi o nome de um Caetano ali, entre teus amiguinhos do passado, seria ele?
Bem, deixando a curiosidade de lado, devo dizer-te que curti demais suas lembranças, tanto no poema quanto no vídeo, com imagens entremeadas do passado e fictícias. Lindas, lindas!
Nostalgia é aquela saudade gostosa que marcou a gente na alma, bom título.
E Arthurzinho, o nosso presente e futuro, o que anda aprontando, hein?[risos]
Adoro vocês!!!!

Vanuza Pantaleão disse...

No Matagal, sentiste o cheirinho das hortas que quase não existem mais hoje em dia. Na verdade, amiga minha, nossa família possuía uma enorme área de terras (mais de 50.000 m quadrados) e por questões de inventário, tivemos que vendê-las. Ainda sonho com os bons tempos em que fazia minhas plantações por lá. Até ervas finas eu plantei e consegui bons resultados. Vou ter que falar disso por lá...um dia.
Por hoje, desejo-te um repouso gostoso nessa Bahia que amo de coração durante esse feriadão. E até rimou, rs.
Lucinha, fica com Deus!!!!Bjsssss

Everson Russo disse...

Um bom final de tarde pra ti minha amiga e um excelente feriadão...beijos e flores...

Machado de Carlos disse...

Naquelas Jovens tardes de domingo, quando eu ia para o cinema, ver aquela matine; (Tarzan, Hercules...), uma ilusão que levava ao jardim da Esperança. Divertíamos-nos naquelas flores distantes, contemplando a tela do cinema. Quanta lembrança duma nostalgia, daquele passado que ficou distante!...

Everson Russo disse...

Um maravilhoso dia de feriado pra ti minha amiga e um excelente final de semana cheio de paz flores e poesias....beijos e beijos...

Daniel Costa disse...

Lúcia

Quando de chega avó (ou avô), é a altura de olhar o passado com espírito de modernidade. Que muitas vezes aflore a nostagia, como a mim também aconteceu na leitura e na audição, será salutar um bonito poema, como o teu.
Beijos de parabéns

O Sibarita disse...

Dona menina vc é conterrânea do Caetano, é? Hummmm... kkkkkk

Porreta lembrar dos velhos tempos, recordar é viver! kkkk

Vc era sapeca, hein?

Que bacana o texto, era o rio subaé, é? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tão bom brincar, né? Cada brincadeira... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ai conheci vc na foto sentado no muro ao lado rio! kkkkkkkkkkkkkkk

Beleza pura!

O Sibarita

helia disse...

Gostei muito de ver o vídeo !
Também eu revejo muitas vezes o meu passado , os momentos felizes que recordo com saudade e os momentos menos bons , que já passaram e que eu consegui ultrapassar
Uma boa semana

helia disse...

Gostei muito de ver o vídeo !
Também eu revejo muitas vezes o meu passado , os momentos felizes que recordo com saudade e os momentos menos bons , que já passaram e que eu consegui ultrapassar
Uma boa semana

O Árabe disse...

Aguardo o novo post. Boa semana... muito boa!

ONG ALERTA disse...

Ficou muito bom, beijo Lisette.

Lucinha disse...

Uauuuuu ficou show.. meu anjo passando pra desejar uma semana linda a vc....
beijos

vieira calado disse...

Tudo passa, não é, amiga?
E muito do que hoje vemos faz-nos ter saudades do que já tivemos!

Bjsss