A mais perfeita criação do Pai.

Eu sou aquele que transporta montanhas,
atravessa rios, mares e lagos
e fala o que a boca não diz.
Eu sou aquele que corre contra o vento
navega ao relento,
acalma o tormento
perdoa as tuas falhas de aprendiz.

Eu sou aquele que te leva sorrisos
que recolhe as tuas lágrimas
e chora os teus desencantos...
Eu sou aquele que leva fé aos corações
que sempre canta belas canções
e nos teus caminhos vazios, sem paz,
acalenta o dissabor, secando teus prantos.

Eu sou aquele que mais sente tuas dores;
o que se alegra de tuas alegrias
que te faz sonhar dia, após dia...
Eu sou aquele que sempre te acompanha;
sou teu cansaço da jornada
sou aquele que te faz se sentir um nada,
sou também, o que te faz sorrir de alegria.

Eu sou a lágrima derramada de saudade,
mas sou igualmente a tua companhia;
estou no teu peito sempre a te chamar.
Eu sou a lua que brilha nas tuas noites
sou tua ilusão e a tua voz reflexiva...
Sou também a tua veia compreensiva.
Sou emoção: te acompanho em todo lugar.

Eu sou aquele que sente a morte bem lenta.
O que chora o meu fim, na humanidade;
aquele que de tão machucado, sente dor...
Estou em cada palavra que Deus disseminou;
sou a perfeita criação que o Pai deixou.
Eu vivo reprimido, perdi o meu brilho...
Sou o caminho, sou a luz, eu sou o Amor!

Musica de fundo:

Ernesto Cortazar – Intimate


O meu amor é assim


Você que sabiamente, faz minha vida
um céu de estrelas reluzentes,
a minha alma uma canção de amor,
versos de luz com brilhos diferentes...

Que me enche de ternura e cor.
que faz meu por do sol colorido
entra em meu ser como magia,
me fazendo pisar num jardim florido.

O meu amor é assim:
imenso quanto o firmamento
e em nossos momentos sem fim,
tudo tem brilho e encantamento...

Afasta a angustia e o tormento
reacendendo a minha fantasia,
fazendo florescer dentro de mim,
esse amor imenso a cada dia.

O meu amor é assim:
encanto cheio de paixão,
notas suaves que bailam ao luar,
sorriso em tons de canção.

Quando tudo parece me ofuscar,
ele chega de mansinho
com todo aquele carinho,
me faz novamente, brilhar...


Musica de fundo:
Oswaldo Montenegro - Por Brilho
Poesia extraída do meu novo livro: Amor silente

Ama-me - Lúcia Laborda.wmv

Neste dia dedicado a mulher, quero fazer um agradecimento especial a meus filhos e ao meu amado por entenderem que antes de tudo, sou mulher. Obrigada pelo carinho, respeito, compreensão, incentivo, apoio e amor que me fazem ser uma mulher feliz, plena, realizada. E quero agradecer a Deus, por tê-los colocado em meu caminho!
Com certeza, ao lado de uma mulher feliz, tem sempre um homem que a faz se sentir única e especial! 
Obrigada todos vocês, que sabem, tão bem, respeitar e valorizar a mulher! 
Um grande e feliz dia as amigas, especialmente as maiores amigas da minha vida: minhas filhas!