Caminhos sem sentido



Seguimos nossas vidas

caminhos sem sentido,

mas, eu até entendo;

você tem a sua,

e eu? Fora da rota,

não posso estar consigo.

Não sei até aonde vou,

só sei, que como estou é triste!

Porque nunca sei...

e vejo que assim seguimos.

Em lados opostos,

no silêncio da noite,

a nostalgia se avizinha.

Muitas vezes, 


é difícil saber por onde anda.

Só sinto cortar a alma

quando a estar sempre sozinha,

sem que saiba o que fiz,

choro a minha solidão;

sem entender, dói o coração.

E eu tenho medo

de vir a me machucar,

porque talvez, amanhã,

já não possamos mais nos amar.


xxx

Caso queiram ver algum vídeo, basta parar o play na barra horizontal, acima.