O corpo e a fogueira


9 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo,Lúcia! bjs, chica

O Árabe disse...

Poético... e mágico! Belo post, boa semana.

O Sibarita disse...

Ei dona moça porreta! kkkkk

Ah essa lua iluminada pelo sol... Hummmm ai só pode dar amor né não? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Você né brincadeira não! Sempre boas poesias casando com as imagem e música!

O Sibarita

O Árabe disse...

Boa semana! Aguardo o próximo post.

ONG ALERTA disse...

Lindo, beijo Lisette.

O Sibarita disse...

E então como foi o carná? kkkk

Bom, depois da ressaca do carnaval outros textos virão né não? kkk

O Sibarita

Vanuza Pantaleão disse...

"A estrela pediu passagem/Iluminou toda aquela imagem..."
Saudade, saudade louca de ti, Lucinha, rsrs. Mas compreendo tuas motivações interiores, nós mulheres, somos muito exigidas e são tantas coisas a serem pensadas, resolvidas...ahhhh, tantas coisas.
E o nosso Tutuquinha, hein? Que rapazinho lindo que está se tornando! Amo vocês! Uma lindíssima semana, amiga querida!!!Bjsss

Smareis disse...

Muito belo esse por- do- sol. O poema é maravilhoso.
A paixão é mesmo uma fogueira. Por isso sempre deixa essa lágrima pra finalizar, ou seja (apagar o que era bom demais).
Beijos e saudades. Tu andas sumidas.

Ótima semana!

Blog da Smareis- É só clicar aqui!


Luma Rosa disse...

Oi, Lúcia!
Congelar o tempo naquele instante em que se é mais feliz... Quem não quer?
Lindo...
Beijus,